Quais os cuidados com a Dracena Tricolor? Confira!

4.9
(38)

A Dracena Tricolor, também conhecida como Dracena Marginata, é uma planta com aparência bem única e, por isso, é uma das espécies mais encantadoras para se usar como decoração em jardins externos.

É uma planta nativa de Madagascar mas também pode ser encontrada em Porto Rico e na Flórida. Tem características arbustivas, além de ser ramificada, podendo chegar a cerca de 10 metros de altura quando bem tratada.

Devido a sua grande necessidade de claridade, é indicada para áreas externas mas também pode se dar muito bem com ambientes internos que tenham uma maior incidência de sol.

Se você já se identificou com a Dracena Tricolor e quer entender melhor sobre seus cuidados para ter uma aí na sua casa, é só acompanhar esse artigo até o final. Vamos te dar dicas e indicar algumas ações importantes para deixar essa espécie sempre bonita! Vamos lá?

Taxonomia da Dracena Tricolor

  • Reino: Plantae;
  • Divisão: Magnoliophyta;
  • Classe: Liliopsida;
  • Ordem: Asparagales;
  • Família: Asparagaceae;
  • Subfamília: Nolinoideae;
  • Gênero: Dracena;
  • Espécie: Dracena Tricolor.

Além da Dracena Tricolor, também é possível encontrar mais de 30 espécies diferentes do mesmo gênero. Confira algumas delas abaixo:

  • Dracaena americana – dragoeiro da América Central
  • Dracaena arborea – árvore dracena
  • Dracaena cinnabari – dragoeiro de Socotra
  • Dracaena draco – dragoeiro das ilhas Canárias
  • Dracaena ombet – dragoeiro de Gabal Elba
  • Dracaena tamaranae – dragoeiro da Grã Canária
  • Dracaena aletriformis
  • Dracaena angustifolia
  • Dracaena bicolor
  • Dracaena cincta
  • Dracaena concinna
  • Dracaena elliptica
  • Dracaena deremensis
  • Dracaena fragrans – pau d’água
  • Dracaena goldieana
  • Dracaena hookeriana
  • Dracaena mannii
  • Dracaena marginata – dragoeiro de Madagascar
  • Dracaena marmorata
  • Dracaena phrynioides
  • Dracaena reflexa – dracena Pleomele ou “Canção da Índia”
  • Dracaena sanderiana – dracena-borracha, vendida nos Estados Unidos com o nome de “Lucky Bamboo”
  • Dracaena surculosa
  • Dracaena thalioides
  • Dracaena trifasciata – espada de São Jorge
  • Dracaena umbraculifera

Fonte: Enciclopédia Livre.

Características da Dracena Tricolor

Fonte: Shop das Plantas

A Dracena Tricolor tem esse nome devido as colorações em forma de risca de suas folhas. Nelas, é possível encontrar, pelo menos, três tons: tons de creme, cor-de-rosa e tons de verde, por vezes mais fracos e, por outras, mais escuros. Veja o exemplo abaixo:

Fonte: Rossatto Garden Center

Ainda falando de suas folhas, elas são lisas, retas e pontiagudas, mas não chegam a espetar ou machucar. Quando bem desenvolvida, é uma planta que se assemelha a um arbusto – só que um pouco mais alto.

Cada folha pode atingir de 30 a 90 centímetros de comprimento e, em dado momento, algumas flores poderão surgir a partir delas – normalmente, no verão. As flores não costumam ter valor ornamental e não servem para decoração, por isso, o ciclo de vida perene facilita seu plantio em jardins.

A Dracena Tricolor é uma planta que pode ser considerada bastante resistente e, ao mesmo tempo, o seu cultivo é muito tranquilo – por esses motivos é uma ótima escolha, além de, claro, deixar o ambiente muito mais bonito e diferente.

Um ponto importante a expor logo de início sobre a Dracena Tricolor é que o seu crescimento costuma ser lento a moderado e, por isso, o ideal é plantá-la de forma isolada ou com boa distância de outras espécies para que o desenvolvimento não seja prejudicado ou ainda mais demorado.

Dessa forma, não se assuste caso sentir que sua Dracena Tricolor não está atingindo a altura que você deseja em tão pouco tempo – é normal que o crescimento dela aconteça de forma mais devagar mesmo.

Como cuidar da Dracena Tricolor?

Fonte: Viveiro Porto Amazonas

Se você decidiu plantar a Dracena Tricolor no seu jardim, então, é importante saber melhor sobre os cuidados direcionados a ela.

Por isso, agora que já falamos sobre as características principais, vamos falar um pouco sobre pontos importantes para manter a sua Dracena sempre bonita e desenvolvida. Vamos lá?

Clima

É uma espécie que pode se adaptar a diferentes climas, no entanto, se dá muito melhor em regiões tropicais e subtropicais. Apesar de conseguir viver em temperaturas mais amenas, é uma planta que prefere o calor e precisa de uma boa quantidade de sol por dia – porém, também aceita seu plantio em meia-sombra com luz indireta.

Rega

As regas da Dracena Tricolor podem ser semanais, de preferência, no período da manhã – isso porque o sol ainda não estará tão quente. Lembre-se sempre de observar a planta e analisar se o substrato está dando conta de drenar toda a quantidade de água colocada nela.

Solo

O substrato ideal para a Dracena Tricolor é soltinho, leve e drenável também. O ideal é que seja enriquecido com matéria orgânica, como farinha de ossos e casca de banana, por exemplo.

Poda

A poda da Dracena Tricolor a está relacionada ao seu controle de tamanho e, por isso, você pode realizá-la de 1 em 1 ano, por exemplo. Além disso, certifique-se de tirar as folhas mais secas ou queimadas para deixá-la sempre bonita e com aparência saudável.

Adubação

A fertilização da Dracena Tricolor pode acontecer de forma espaçada e, por isso, as adubações anuais podem funcionar bem. Apenas verifique se o tipo de adubo é apropriado para plantas arbustivas.

Esperamos que o artigo sobre a Dracena Tricolor tenha sido útil e, qualquer dúvida, deixe nos comentários. Aproveite o tempo no blog e leia também sobre a Palmeira Rabo de Raposa!

O que você achou desse conteúdo?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.9 / 5. Número de votos: 38

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *